Novidades Fórum Rio Diversidade

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Informe Educação

NOTÍCIAS DE EDUCAÇÃO
O Ministério da Educação (MEC) antecipou a lista dos aprovados em primeira chamada no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), prevista para domingo (15). O resultado já pode ser consultado no site do programa.
Para o segundo semestre de 2012, o Sisu ofereceu 108 mil vagas e recebeu 3,4 milhões de inscrições até o seu encerramento na noite de quinta-feira (12). Os estudantes aprovados deverão comparecer às instituições de ensino de 19 a 20 de janeiro para fazer a matrícula. O participante que foi selecionado para a primeira opção de curso é retirado automaticamente do sistema e perde a vaga se não fizer a matrícula.
Os que forem selecionados para a segunda opção ou não atingirem a nota mínima em nenhum dos cursos escolhidos podem participar da segunda chamada prevista para 26 de janeiro, com matrículas nos dias 30 e 31. Caso ainda haja vagas disponíveis, o sistema gera uma lista de espera que será disponibilizada para as instituições de ensino preencherem as vagas remanescentes. O candidato interessado em participar dessa lista deverá pedir a inclusão entre 26 de janeiro e 1° de fevereiro.



Concurso Petrópolis 2012 RJ- 1.671 vagas na Prefeitura.


Seguem abertas as inscrições do concurso público da Prefeitura Municipal de Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro. São 1.671 vagas a serem preenchidas na Fundação de Cultura e Turismo, Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público, Fundação Municipal de Saúde (FMS),  Prefeitura Municipal e Secretaria de Educação.
As vagas ofertadas são para cargos de nível fundamental, nível médio e superior, cujos rendimentos variam de R$ 612,45 a R$ 4.852,41.
Concurso de Petrópolis – Quantitativo de vagas
 Secretaria de Educação – 1.219 vagas
 Prefeitura Municipal  – 203 vagas
 Fundação Municipal de Saúde – 193 vagas.
 Fundação de Cultura e Turismo – 43 vagas.
Inscrição concurso Prefeitura de PetrópolisAs inscrições do concurso de Petrópolis estarão abertas até o dia 18 de janeiro de 2012, podendo ser efetuadas através da internet no site da Fundação Dom Cintra – www.domcintra.org.br.
A taxa de inscrição varia conforme o nível de escolaridade, sendo: R$ 35 para nível fundamental, R$ 50 para nível médio e  R$ 70 para nível superior.
Data das provas
As provas serão aplicadas em 11 de março de 2012.

ProUni registra cerca de 450 mil inscritos até as 18h deste domingo
Domingo, 15 de Janeiro de 2012 -
Até as 18h deste domingo, 15, segundo dia de inscrições do Programa Universidade para Todos (ProUni), 444.639 candidatos se inscreveram, totalizando 848.258 inscrições, já que o estudante tem a opção de concorrer em até duas opções de curso.
A oferta para este primeiro semestre é de 195.030 bolsas — 98.728 integrais e 96.302 parciais, de 50% da mensalidade – em 1.321 instituições de ensino superior particulares, entre universidades, centros universitários e faculdades.
Os estados com maior número de inscrições, até as 18h, foram São Paulo, com 181.699 inscrições; Minas Gerais, com 96.196; Rio de Janeiro, com 59.560; Bahia, com 58.123 e Rio Grande do Sul, com 56.620.
As inscrições devem ser feitas na página do ProUni na internet. Na mesma página, o candidato pode conferir a oferta de bolsas.

Projeto prevê isenção de IR sobre remuneração de professores
Está em análise na Câmara o Projeto de Lei 2607/11, do deputado Felipe Bornier (PSD-RJ), que concede isenção do Imposto de Renda da Pessoa Física sobre a remuneração de professores. Pela proposta, para ser beneficiado, o profissional precisa estar em efetivo exercício na rede pública de educação infantil, fundamental, média e superior.
Segundo a Agência Câmara, o autor do projeto entende que cabe ao poder público criar mecanismos que incentivem o maior número possível de pessoas a exercer o magistério. “Ao longo dos anos, percebemos o quanto o professor tem sido sacrificado, não só no aspecto salarial, como também na tributação de seus ganhos. Educar é uma arte. Mas também é um trabalho de grande impacto social, com repercussão no desenvolvimento do País”, argumenta.
A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Estudantes poderão ter passe livre em ônibus entre casa e escola
A Câmara analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 110/11, do deputado Romero Rodrigues (PSDB-PB), que torna obrigatório o transporte coletivo gratuito, entre a casa e a escola, para os estudantes de todos os níveis do ensino.
De acordo com a Agência Câmara, a proposta também cria o fundo de financiamento do passe livre do educando, com o objetivo de custear o transporte gratuito. Esse fundo deverá ser instituído por lei, depois que a emenda entrar em vigor.
A PEC terá a admissibilidade analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se aprovada, será analisada por uma comissão especial a ser criada para esse fim. Depois, seguirá para o Plenário, onde precisará ser votada em dois turnos e ser aprovada por 3/5 dos deputados.

NO RIO, AJUSTE CHEGA A 10% E A POPULAÇÃO SAI ÀS RUAS








As manifestações contra o aumento de 10% no custo das passagens de ônibus no Rio de Janeiro começaram na última quarta-feira (4), quando estudantes ocuparam a Avenida Rio Branco, uma das principais vias do centro. Com faixas, cartazes e palavras de ordem como “Se a passagem aumentar, olê olê olá, o Rio vai parar”, cerca de 200 manifestantes pararam a cidade.

O aumento de R$ 2,50 para R$ 2,75 da passagem em veículos sem ar condicionado e do Bilhete Único Carioca começaram com a cobrança das novas tarifas no início da semana passada. Vereadores entrarão com requerimentos no Tribunal de Contas do Município (TCM) e no Ministério Público exigindo investigação do reajuste, enquanto isso, manifestantes continuam mobilizações.
“O meu dinheiro não é capim, eu quero passe livre sim”, uma das palavras de ordem dos secundaristas, também está entre os manifestantes que reivindicam qualidade e mais acesso ao transporte.

Ministério libera 3 milhões de exemplares da última remessa de livros didáticos

 ,

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) liberou nesta semana a quarta e última remessa de livros didáticos para o ano letivo de 2012. São 3 milhões de exemplares, que serão entregues pelos correios. Até o início das aulas, em fevereiro, todas as escolas públicas do Brasil terão recebido, no total, 162,4 milhões de livros, que serão usados por alunos do ensino médio e fundamental.
Para 2012, houve acréscimo de livros para as disciplinas de filosofia, sociologia e língua estrangeira (inglês e espanhol) do ensino médio. Cada exemplar do ensino fundamental custou R$ 5,45; do ensino médio, R$ 7,80. O valor total dos livros didáticos distribuídos para a rede pública foi de R$ 1,1 bilhão.
“Se cada aluno do ensino médio recebe 11 livros, o custo do acervo didático por aluno é de R$ 85,80. Este é o valor, em média, de um livro no mercado”, explica Sonia Schwartz, coordenadora geral do programa do livro didático do FNDE. Segundo ela, o grande volume de livros adquiridos pelo MEC permite negociar e reduzir o preço com as editoras.
“Os programas executados pelo FNDE são de grande proporção, são cerca de 150 mil escolas, 33 milhões de alunos”, observa a coordenadora. “É uma logística operacional muito grande. “Cada escola recebe o livro que o professor escolhe, e por isso o programa nacional de livro didático é reconhecido pela grandiosidade dessa sistemática democrática.”
As escolas públicas também receberão este ano, até o primeiro semestre, 12,3 milhões de livros de literatura para alunos das séries iniciais do ensino fundamental e da educação infantil e 15,1 milhões de periódicos – 11 revistas de cunho pedagógico e de gestão – para uso dos professores


A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) anunciou nesta segunda-feira (9/1), no Salão Nobre do Palácio Guanabara, as inscrições para 112.090 vagas imediatas em cursos profissionalizantes. O número é inédito na história da Fundação, que tem o maior programa de educação profissional gratuita do país. Com a abertura de mais 40 mil oportunidades em maio, 90 mil em julho e outras 40 mil em outubro, a estimativa é que, até o fim do ano, 280 mil vagas sejam disponibilizadas em todas as unidades da Faetec.

O governador Sérgio Cabral disse que as vagas atendem à demanda do mercado e acompanham o crescimento da necessidade de mão-de-obra qualificada no Estado.

– Esses são cursos verdadeiros, que transformam vidas. As pessoas saem com o diploma, capacitadas a conquistar um emprego. Em 2010, o estado recebeu de investimentos privados, públicos e internacionais de US$ 18 bilhões. Mais da metade dos empregos formais gerados no país até novembro de 2011 foram criados aqui no Rio de Janeiro. Essa é uma modificação que tem que vir acompanhada de qualificação. Temos um grande desafio, que está sendo respondido pela Secretaria de Ciência e Tecnologia através da Faetec – afirmou Cabral.
                                                                                                       Fotos: Rafael Barreto/Faetec
O governador Sérgio Cabral apresenta o número de vagas, o maior já oferecido pela Fundação

O secretário de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso, enfatizou que não faltará mão-de-obra qualificada no estado. E citou um levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de que todas as vagas identificadas têm cobertura de cursos da Faetec.

– Cerca de 60% da população fluminense empregada passou por algum tipo de qualificação e isso mostra a importância do nosso trabalho. Hoje, no estado, há 3,7 milhões de pessoas entre 16 e 30 anos, sendo que 500 mil têm nível superior e outras 700 mil já estão empregadas. Com a oferta de 280 mil vagas de ensino profissionalizante, a média é de uma pessoa especializada a cada 10. Posso garantir que, no fim de 2014, a expressão apagão de mão-de-obra não vai existir no estado – calculou Cardoso.
Secretário de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso, na apresentação das 112.090 mil vagas para todo o estado

Segundo o secretário, o número total de vagas não contempla capacitações promovidas a partir de convênios, como o que está sendo firmado com a Light. A secretaria oferecerá uma capacitação de 300 a 400 horas para tentar suprir o déficit de 500 eletricistas, que a empresa recrutará para trabalhar em comunidades pacificadas.
Celso Pansera: "Estamos aqui para formar cidadãos aptos para as demandas apresentadas por um estado que só cresce"
– Por conta do treinamento prático associado ao conhecimento teórico aprendido e que agora foram adaptados à tabela do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Governo Federal, em 2011, que tem como objetivo principal expandir a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica (EPT). Com a formatação dos cursos da Rede para se adaptarem nesse novo enquadramento eles ganharão reconhecimento e terão muito mais valor ainda para que estuda neles – explicou.

Inscrições começam nesta terça-feira (10/1)

O período de inscrições começa nesta terça-feira (10/1) e segue até o dia 30 deste mês, exclusivamente pela internet, através do site www.faetec.rj.gov.br. O sorteio das vagas será no dia 31, a lista com os sorteados estará disponível no site da instituição no dia 1º de fevereiro e as matrículas poderão ser feitas entre 1° e 17 de fevereiro. O início das aulas está marcado para o dia 27. A reclassificação para as vagas remanescentes ocorrerá entre 27 de fevereiro e 6 de março.
 IPEAFRO SANKOFA 2012 – CAMPOS DOS GOYTACAZES
FÓRUM EDUCAÇÃO AFIRMATIVA SANKOFA
OFICINA MATRIZ AFRICANA E AÇÃO EDUCATIVAEXPOSIÇÃO ÁFRICA-BRASIL,
 O LEGADO DE ABDIAS NASCIMENTO 

PROGRAMAÇÃO


 Segunda-feira, dia 12 de março.
12h às 14h – Credenciamento.
14h - Solenidade de Abertura. Mesa com autoridades.
15h - Apresentação do Site Ipeafro e do Kit Ipeafro para Educadores.
16h - Exibição de vídeo documentário do Ipeafro.
17h - Visita inicial à exposição África-Brasil: O Legado de Abdias Nascimento, aberta à visitação dos participantes do Fórum e da Oficina durante o evento.

Terça-feira, dia 13 de março.
 14h – Mesa Redonda “Matrizes africanas e políticas de ensino”.
17h - Exibição de vídeo.

Quarta-feira, dia 14 de março.
 9h - Oficina “Matriz Africana e Ação Educativa” - Sessão I.
14h – Mesa Redonda “Faces e Enlaces das Matrizes Africanas”

Quinta-feira, 15 de março.
 8h30 - Oficina “Matriz Africana e Ação Educativa” - Sessão II.
14h - Diálogo: Matriz Africana, Escola e Academia. Apresentação dos resultados da oficina.
18h - Encerramento do Fórum
19h - Abertura da Exposição ao Público.

O encerramento do Fórum inclui a cerimônia de entrega do Prêmio Ipeafro Sankofa 2012.
 Visitação à exposição: 16 de março a 28 de abril. Segunda a sexta-feira, das 9h às 19h; sábados, das 10h às 16h.
 Visitas guiadas de escolas, educadores e grupos comunitários: 19 de março a 27 de abril. Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h; sábados, das 10h às 16h.

Secretária do Comdedine defende priorizar a educação nas comunidades pacificadas do Rio
13/01/2012 - 17h36
·         Educação
Da Agência Brasil
 
Rio de Janeiro - As ações das unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), que estão sendo implantadas pelo governo do estado nas comunidades populares da capital fluminense, não são suficientes para acabar com a violência nessa regiões, disse hoje (13) Regina Helena de Souza, secretária de plenário do Conselho Municipal dos Direitos do Negro (Comdedine). Na opinião da secretária, é preciso que a ênfase seja dada na questão educacional. "Hoje em dia não adianta tratar de segurança pública, sem falar primeiro de educação".
Regina Helena também falou, durante a posse da nova diretoria do Comdedine, sobre a importância do trabalho desenvolvido há 19 anos pelo conselho no resgate da cultura africana, em parceria com as escolas da rede municipal, envolvendo os alunos do pré-escolar ao ensino fundamental.
Segundo ela, as pesquisas feitas pelos alunos também auxiliam no conhecimento da história dos principais líderes negros, como é o caso do Zumbi dos Palmares. "É ter orgulho da nossa cultura. Falar quais foram os nossos grandes negros do passado, os nossos heróis, porque muitas pessoas pensam que o Brasil não tem heróis negros".
O Comdedine é um órgão municipal de integração com a comunidade e tem como objetivo combater o racismo, em todas as formas de manifestação, por meio de projetos e propostas de interesse da população negra.



O presidente da Faetec, Celso Pansera, lembrou a importância desses cursos de qualificação, conhecidos na Rede como de Formação Inicial e Continuada (FIC):

Bom dia!










Nenhum comentário: